Dicas de redes sociais para pequenos negócios

redes sociais para pequenos negócios

As redes sociais são poderosas ferramentas para pequenos negócios, justamente por serem acessíveis, com o potencial de alcançar uma grande audiência a custos mais baixos.

Apesar de serem de fácil acesso, não significa que as redes sociais podem ser utilizadas pelas empresas sem estratégia e objetivo bem definidos.  

Listamos 5 dicas básicas para que sua empresa comece a extrair melhores resultados das redes sociais como ferramentas estratégicas para geração de negócios. Confira a seguir. 

Personas 

Pode parecer até clichê falar sobre personas, mas, este é um conceito essencial para empresas que querem utilizar as redes sociais de maneira estratégica. 

Diferente do conceito de público-alvo, que é mais abrangente, a persona caracteriza um comprador real com um nível maior de detalhamento.

Dessa forma, enxergando sua audiência com base em fatos mais específicos sobre suas preferências, ambições e hábitos de compra, fica muito mais fácil produzir conteúdos que sejam relevantes para aquele perfil. 

Afinal, quanto mais representativo de sua realidade for um conteúdo, maiores as chances de se identificar e, então, se interessar por saber mais sobre a empresa/marca. 

Fator importante: sua empresa não necessariamente precisa ter apenas uma persona, ok? É possível o mesmo negócio possuir algumas personas. 

Escolha as redes sociais — sua empresa não precisa estar em todas 

Sempre reforçamos isso por aqui. Quando falamos em redes sociais, a maioria das pessoas pensa automaticamente no Facebook, uma das mais populares no Brasil. Será que para o seu negócio faz mesmo sentido estar no Facebook? 

De acordo com o relatório Digital in 2019, do site We Are Social, as 10 redes sociais mais utilizadas pelos brasileiros são: 

  1. Youtube
  2. Facebook 
  3. WhatsApp
  4. Instagram
  5. Facebook Messenger
  6. Twitter
  7. LinkedIn
  8. Pinterest
  9. Skype
  10. Snapchat

As opções são inúmeras. Por isso, analise a finalidade de cada rede social e escolha a(s) que oferecer o suporte mais estratégico para o tipo de conteúdo que sua empresa produz, além de também ser a que vai ao encontro do perfil de sua persona.

Estabeleça metas e tenha planejamento para alcançá-las

Como ferramenta de trabalho, as redes sociais devem representar propósitos bem evidentes para o seu negócio.

Seja para venda ou para relacionamento, todo conteúdo deve ser produzido com base em objetivos, até para que seja capaz de mensurar o sucesso de seu trabalho. 

Além de definir metas, planejar-se para alcançá-las também é fundamental. 

Comece fazendo um calendário de postagens com certa antecedência. Dessa forma, é possível pesquisar referências, antecipar-se para datas comemorativas, pensar em um conteúdo que seja ligado a uma ação como uma promoção, por exemplo, enfim, as possibilidades são inúmeras quando planejamos.

Produza conteúdo relevante

Este é outro item que sempre defendemos por aqui. Conteúdo relevante é o conteúdo que agrega algo ao universo de sua persona.

Portanto, para que sua empresa continue sendo uma fonte de informações relevantes para a sua audiência, é preciso conhecê-la cada vez melhor. 

Além disso, outro fator muito importante é não focar apenas em conteúdos que falem sobre seu produto ou serviço, pois isso é como se fosse trabalhar apenas com o fundo do funil de vendas. Mais do que não ser uma boa prática para gerar negócios, também pode fazer com que o conteúdo se torne cansativo para quem te acompanha.  

Monitore resultados 

Falamos sobre a importância de ter metas, portanto, monitorar os resultados de cada uma também é muito importante. 

Cada rede social fornece dados sobre a performance de seu perfil/página. Não deixe de analisar para entender a eficiência de seu conteúdo. 

Além de indicadores de performance, esses dados também podem oferecer insights muito ricos a respeito do perfil de sua audiência. 

Seguindo essas dicas, sua empresa com certeza estará pronta para aproveitar as redes sociais de maneira mais estratégica, gerando negócios ou relacionamentos. Para se aprofundar no assunto, confira nosso artigo sobre 5 ferramentas para impulsionar pequenos negócios digitais.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: